Um Carnaval diferente: de olho no bloco da vacinação

Este ano a folia de Carnaval foi cancelada. Em meio à maior crise sanitária dos nossos tempos e com total de mais de 239 mil mortes por Covid-19, a única razão para comemorar é a chegada das vacinas. 

O Brasil ultrapassou a marca de 5 milhões de pessoas imunizadas, mas isso representa pouco mais de 2% da população.

É urgente que a imunização da população seja feita com seriedade. Junto à disponibilização de vacinas através do SUS, é preciso também campanhas que orientem sobre a importância da vacinação e seu papel para a saúde coletiva.

Em meio a fake news, parcela significativa da população, coloca-se contrária à imunização. Então, mais do que nunca, é preciso atuar com campanhas informativas e de educação em saúde.

A Pandemia de Covid-19, além das questões de saúde física, traz repercussões para a saúde mental da população, em função do isolamento social, aumento da ansiedade em relação ao futuro e, nos casos das pessoas que perderam pessoas próximas, uma maior dificuldade para a elaboração do luto, uma vez que os ritos, que auxiliam neste processo de elaboração da perda, foram reduzidos ou suprimidos.

Num exercício de cidadania, neste Carnaval, estamos de olho é no bloco da vacinação! Por uma saúde integral, saúde física e mental.

error: Content is protected !!
× Olá!