Tratamento para depressão: como a terapia pode ajudar?

Tratamento para depressão

Você sabe como a terapia pode ajudar no tratamento para depressão? Neste post, vamos conversar sobre a depressão e sobre porque a psicoterapia é um recurso terapêutico importante nestes casos. Confira!

Primeiramente, vamos a alguns dados sobre a depressão. Segundo dados de 2018 da Organização Mundial de Saúde, mais de 300 milhões de pessoas em todo o mundo sofrem de depressão. No Brasil, cerca de 5,8% da população sofre com esse transtorno de humor. Assim, infelizmente, nosso país é o recordista de casos na América Latina.

A depressão é uma condição que tem tratamento, mas ainda pequena parcela da população mundial tem acesso a ele. Os medicamentos para depressão se popularizaram e, conforme o caso, são um aliado importante. Contudo, é importante saber que ele não é o único tipo de tratamento.

Para quem sofre de depressão, é fundamental ter um espaço para falar abertamente sobre suas questões pessoais. Também para refletir sobre sua situação de vida atual e ter um entendimento mais aprofundado sobre ela. Assim, é possível desenvolver novas estratégias de enfrentamento mais saudáveis.

Ainda há muito preconceito em relação à depressão. Então, diante da pouca compreensão, as pessoas deprimidas têm poucas oportunidades de expressar aquilo que sentem e de compreender o que realmente se passa consigo.

A psicoterapia é um ambiente seguro e acolhedor no qual as pessoas podem falar abertamente de seus sentimentos, angústias, dores e temores sem o risco de serem julgadas.

Então, a psicoterapia proporciona esta oportunidade de falar livremente sobre o que se passa subjetivamente, sem medo de julgamento. Além disso, ela está protegida pelo sigilo profissional.

A depressão é uma condição multicausal, ou seja, não é possível definir uma única causa, mas há um conjunto delas que favorecem esta condição. São questões biológicas, psicológicos e sociais que podem contribuir para seu desencadeamento.

No tratamento para depressão, é indicado que estes diferentes aspectos sejam considerados. Assim, novas estratégias mais saudáveis diante das situações podem ser desenvolvidas. 

Compartilhe!

[addthis tool=”addthis_inline_share_toolbox”]

 

error: Content is protected !!