Orientação profissional: o que é e o que considerar na hora de escolher a profissão

Desafios da escolha na orientação profissional

Você sabe o que é orientação profissional? Será mesmo que, para definir sua futura profissão, basta fazer um teste vocacional?

Entenda o que é orientação profissional e quais fatores devem ser considerados para você não errar na escolha da profissão.

Muitos são os desafios da escolha profissional.

O primeiro deles reside no fato de que grande parte das pessoas faz esta escolha bastante jovem, na adolescência. Esta é uma fase de descobertas de si e do mundo, e de experimentações, quando é comum haver incertezas a respeitos de vários assuntos.

Além disso, temos hoje um leque muito maior de profissões do que no passado, o que torna a tarefa mais desafiadora.

Segundo a Classificação Brasileira de Ocupações, atualmente, no Brasil, são várias dezenas de profissões regulamentadas. E, além delas, há ainda uma imensa gama de profissões sem regulamentação específica. 

De mais a mais, vivemos em um mundo de rápidas transformações e isso traz consequências diretas para a realidade de cada profissão.

Não é à toa que várias profissões  foram extintas ou sofreram mudanças em consequência das transformações tecnológicas. Ainda há a previsão de que tantas outras terão destino semelhante ou sofrerão mudanças em sua prática cotidiana. Isso tudo em decorrência dos novos modos de vida e, sobretudo, dos avanços da tecnologia.

Outro ponto que faz desta uma decisão complexa é saber quais aspectos privilegiar.

Assim, de repente, você pode se ver diante de um mar de dúvidas:

Devo escolher a profissão da moda?

Sigo a profissão de meus pais?

Fico com a profissão que meus pais escolheram para mim?

Opto pela profissão que dá mais dinheiro?

Tantas questões costumam gerar ainda mais dúvidas. Analisadas separadamente, sem visualizar a escolha profissional como parte do projeto de vida, podem levar a enganos na hora da decisão.

O papel da orientação profissional

Assim, a orientação profissional coloca-se como um suporte frente a este desafio.

Ela consiste em um tipo de atendimento específico que tem o objetivo de auxiliar para que este processo de decisão seja feito de modo reflexivo e da forma mais consciente possível. 

Afinal, não estamos falando de uma decisão rápida ou aleatória, como a escolha de uma roupa ou de um objeto. Mas sim da decisão por uma profissão e de suas repercussões para o futuro.

A escolha profissional precisa estar afinada com o projeto de vida de cada um. Para isso, é preciso ter ou tomar consciência do que se deseja para si mesmo em vários aspectos e sentidos.

Em outras palavras, a orientação profissional é um atendimento voltado para a facilitação do processo de escolha profissional. Ela ajuda a entender e refletir a respeito de suas aspirações e interesses pessoais, características pessoais e áreas de interesse.

É também uma oportunidade para que possíveis estereótipos ou idealizações a respeito das profissões possam ser compreendidos e desfeitos.

O objetivo é o de promover um espaço de reflexão e uma tomada de decisão da forma mais realista possível. A exemplo, é importante considerar não apenas os aspectos mais conhecidos ou positivos de cada profissão, mas também os menos conhecidos, mais desafiadores ou mesmo negativos.

O grande desafio é fazer uma escolha consciente da profissão, que seja afinada em grande medida aos interesses, características, aspirações e ao projeto de vida de cada um.

Afinal, a intenção é a de que possa haver satisfação com a escolha, com o desempenho da profissão e também com o estilo de vida a ela associado.

Compartilhe!

[addthis tool=”addthis_inline_share_toolbox”]

 

error: Content is protected !!